ORIENTAÇÃO TRANSPESSOAL ONLINE SKYPE

SÍNDROME DO PÂNICO - tratamento e cura

Chacras e Mediunidade

Para compreendermos a mediunidade precisamos conhecer os chacras e o papel que exercem na intermediação mediúnica.
Todas as sensações e comunicações sutis, são assimiladas pelos chacras, centros psicoenergéticos localizados nos corpos sutis. Eles as direcionam ao sistemas nervoso e endócrino, que reagem prontamente as influenciações..
O médium sente as interferências sutis por meio dos chacras.. Cada um deles é responsável pela captação de determinados estímulos sutis espirituais ou energéticos.
A aproximação de um espírito será comunicada por esse sistema integrado e, conforme seu padrão energético, atuará mais em um ou outro chacra.
O médium pode sentir taquicardia, tremores involuntários, suores, formigamentos, baixa ou alta da pressão arterial, despersonalização e outros sintomas de perturbação, como enjoos, cefaleias, etc.
O sexto sentido é como um elo de comunicação com as dimensões sutis as quais pertencemos.
Quando você aprendeu a falar seu idioma nativo, tornou-se competente também em escutá-lo e decifrá-lo. A mediunidade assim como os outros sentidos, também precisa ser desenvolvida, tanto quanto um novo idioma.




Vamos falar resumidamente sobre os 08 chacras mais conhecidos e como a mediunidade e a espiritualidade se relacionam com eles.

Chacra Básico – Muladhara:  localizado na base da coluna, primeiro chacra principal traz vitalidade e nos une as forças telúricas. No espiritismo vibramos a energia da cor verde para os adultos e azul para as crianças. Associado as glândulas sexuais. Captador da força kundalini. 

Chacra Sacral – Swadhistana: localizado um pouco abaixo do umbigo. Quando o expandimos nos tornamos mais criativos, ativamos nossas relações com o outro. Ele nos proporciona as sensações de dor ou prazer. A síndrome do pânico é ativada neste chacra. Associado ás glândulas suprarrenais. Pode sofrer de vampirismo

Chacra Esplênico: A filosofia indiana não comenta sobre este chacra, situado no baço, à esquerda do abdome. Segundo a teosofia , esse centro é responsável pela projeção astral e a sua recordação. Captador do prana solar. Pode sofrer de vampirismo. 

Chacra Gástrico - Manipura:  Localizado  acima do umbigo nos faz perceber as influências amistosas ou hostis dos espíritos. Chacra das emoções do ego. Relaciona-se com o pâncreas. 

Chacra Cardíaco - Anahata nos coloca em sintonia com os sentimentos do próximo.Vibramos o amor incondicional através deste chacra e a energia da luz rosa. Relaciona-se com o Timo.

Chacra Laríngeo – Vishuddha: Localizado na garganta, capacita ao ser ouvir vozes, ideias, músicas, a clarividência etérica, astral,  psicofonia e psicografia. Expressão de todos os chacras, ponte entre o emocional e o mental. Relaciona-se com a Tireoide.

Chacra Frontal – Ajna: Localizado entre as sobrancelhas, capacita o ser à vidência de lugares e pessoas distantes ou astrais. O terceiro olho, proporciona a visão astral. Relaciona-se com a glândula Pituitária.

Chacra Coronário – Sahashara: Localizado no alto da cabeça, proporciona a conexão com a Divindade e a captação das energias espirituais superiores. Permite deixar o corpo físico conscientemente. Relaciona-se com a glândula Pineal

A mediunidade depende da interação de todos os chacras que determinam a condição do intercâmbio.




Comentários