ORIENTAÇÃO TRANSPESSOAL ONLINE SKYPE

SÍNDROME DO PÂNICO - tratamento e cura

Mediunidade


Todos somos médiuns, mas poucos compreendem a mediunidade.
O equilíbrio mediúnico está intimamente relacionado ao nosso estado de saúde ou doença. 
A sintonia vibratória é a principal ferramenta para harmonizar o médium.

Como equilibrar a mediunidade?



Sintonia Vibratória
Para conquistar o equilíbrio, o médium tem que estar atento a sua sintonia vibratória. Comparado com um rádio no qual sintonizamos a estação preferida, da mesma forma escolhemos nosso padrão vibracional.  
Três elementos básicos  formam o tripé vibracional:
  • ·     Pensamentos

Tudo o que pensamos adquire uma forma- pensamento que orbita em nossa aura e pode alcançar grandes distâncias conforme sua força.
  • ·        Sentimentos

Os sentimentos que vibramos  são capazes de curar ou adoecer.
  • ·        Atitudes

Interagindo com o meio à nossa volta, movimentamos energia e nos sintonizamos com o outro conforme nosso padrão vibracional. Interferimos e somos influenciados pelo oceano energético que nos envolve.

A aura representa o estado de espírito do médium. Ela é  um conjunto de vibrações que emanamos conforme os elementos acima citados.
O médium desenvolvido sabe como equilibrá-la, tendo sob seu domínio seu sexto sentido.





EQUILÍBRIO E DESENVOLVIMENTO MEDIÚNICO TRANSRELIGIOSO COM NADYA PREM

presencial e à distância

Você pode estar perdido, sem saber o que fazer com todas essas sensações estranhas... Já procurou ajuda médica, psiquiátrica e psicológica, mas não adiantou.
Pode até ser que esteja frequentando uma religião, buscando a espiritualidade, mas mesmo assim, os transtornos continuam...
Se você já é consciente da dimensão espiritual e quer tomar consciência de sua multidimensionalidade, quer assumir o controle sobre si mesmo, este é seu momento.
A mediunidade não é doença, não é um transtorno psicológico. Você precisa compreender o que se passa com você. Então o medo e a insegurança irão dar espaço a uma nova consciência.


 Presencial:
Sessões semanais, quinzenais ou mensais, em Itupeva - SP ( próximo de Jundiaí a 70 km da capital, acesso pela Rodovia dos Bandeirantes km 59 de carro ou de ônibus pela http://www.valedotiete.com.br. As consultas são realizadas aos sábados e domingos.
duração: sessão de 1 h


À Distância: TRATAMENTO PARA HARMONIZAÇÃO MEDIÚNICA E ENERGÉTICA

O tratamento é realizado por skype

Para saber o valor envie um e-mail para nadyaprado@uol.com.br




Mediunidade é a faculdade de se colocar entre dois mundos, o material e o espiritual. O médium é um intermediário. Todos somos espíritos e sentimos de uma forma ou de outra a esfera espiritual e portanto somos todos médiuns. O que difere é que apenas alguns possuem a aparelhagem necessária para uma mediunidade ostensiva.



Sempre estive muito próxima da dimensão espiritual. Sei que trago uma descompensação vibratória  em meus corpos sutis, o que me proporciona uma conexão mais intensa com o mundo dos espíritos. É como se deixasse uma porta entreaberta que me permitisse ver e sentir um pouco mais a brisa que vem de lá, do outro lado.

Meu trabalho terapêutico tem como um dos objetivos ajudar pessoas que como eu passaram ou vivem hoje pelos descaminhos da medicina ortodoxa, que desconsidera as outras dimensões que abrangem a nossa totalidade. Como explicar ao leigo e cético materialista sobre um ataque energético, muitas vezes confundido com síndrome de pânico? 

O pânico realmente ocasiona uma série de liberações hormonais. Mas em se tratando de mediunidade, os sintomas são bem parecidos, apenas com a diferença de que, a aproximação de um espírito adentrando o campo energético do médium, provoca ao invés do pânico, a pane em seu sistema endócrino. Tudo isso pelo fato do médium estar com sua porta entreaberta.

Quantos diagnósticos errados, levando excelentes médiuns despreparados à loucura?





Comentários

  1. Bom dia Nadya,

    Em busca de ajuda pela internet, dado os acontecimentos do ultimo ano, esbarrei-me com o seu blog. Comecei a ler e algo me ligou a si...
    O meu nome é Ana, tenho 33 anos e sou de Portugal. Tudo começou à 1 ano atrás, constantes gastroentrites, dores de estômago e infecções urinárias. Mais tarde vieram os vómitos, a perda de apetite, as insónias, o cansaço, pensamentos que não eram meus, irritabilidade, choro sem razão aparente, dores de cabeça constantes quase parecia que a cabeça ia explodir.
    Depois de tudo isto apareceram os formigueiros nas mãos, nos pés, nos braços e nas pernas e dores de costas.
    Por fim situações de taquicardia, arrepios, tonturas e situações de quase desmaiar, dores no peito e falta de ar.
    Durante estes episódios, fui várias vezes ao hospital, fiz exames e analises, e nada se verificou (felizmente).
    Ao falar com um amigo este disse-me que isto poderia ser um despertar mediunico.
    Preciso que me ajude, estou confusa, desorientada, com medo e sem rumo... Tenho pedido a Deus que me ajude e me oriente.
    Mas não sei o que fazer para tentar compreender estas situações desconfortáveis a nível físico que acabam por transtornar o psicológico.
    Se me puder orientar que caminho seguir ou por onde começar??!!

    Grata pela atenção,

    Um beijinho de luz e paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amiga,
      Antes de tudo eu recomendo a todos, exatamente o que você fez, ir ao médico e fazer os exames de rotina para verificar a possibilidade de problemas físicos. Seus sintomas são característicos de invasão energética e espiritual de espírito sofredor com alta carga negativa e que vem lhe sugando energeticamente. Você primeiro precisa fazer um tratamento que ajude a desfazer os laços energéticos com o obsessor e uma avaliação mais detalhada para verificarmos as causas do seu desequilíbrio mediúnico. Pode ser sua baixa sintonia vibratória, problemas emocionais, pode também ser influência vibracional e espiritual de pessoas íntimas a você... Enfim, somente com avaliação e tratamento podemos ir à causa e saná-la. Veja bem, todos somos médiuns e o afloramento mediúnico, como chamam no espiritismo, precisa ser melhor esclarecido. As pessoas confundem um pouco o assunto, mesmo dentro da casas espíritas. O afloramento mediúnico é o que ocorre aos médiuns ostensivos que têm sua parafisiologia diferenciada e normalmente acontece na adolescência. Porém, mediunidade, como sexto sentido,pode aflorar a qualquer momento de nossa vida, seja por desequilíbrios psicobioenergéticos ou por dedicação a expansão da consciência e o desenvolvimento mediúnico. Não tenha medo, porque o medo é o nosso pior inimigo. Os sintomas físicos são consequência de seu psicológico e emocional, portanto não é o físico que transtorna o psicológico, e sim o contrário.
      Falar para você ir ao centro espírita que vai ajudar, posso dizer que, em parte sim. Porém, esteja atenta ao ambiente, que é como um hospital que prolifera bactérias. Sabe aquela história que ouvimos, quando alguém é internado em um hospital, recomenda-se que não fique por muito tempo, porque é lá que moram as bactérias mais poderosas? Assim é no centro espírita.
      O que eu recomendo?
      Sinceramente, tratamento transpessoal integral que possa cuidar de seu corpo, sua energia, suas emoções, sua mente e sua mediunidade.
      Infelizmente a mediunidade ainda é vista como um quarto que não faz parte da casa! Ser médium é como ter mãos e o que fazemos com ela é nossa responsabilidade.
      Agradeço a confiança e estou à disposição,
      Seja Amor!

      Excluir
  2. Nadya, agradeço do fundo do coração por me ter respondido. Ajudou imenso. Vou ler o seu artigo sobre tratamento transpessoal integral e voltaremos com certeza a conversar.

    Namastê.

    ResponderExcluir

Postar um comentário