ORIENTAÇÃO TRANSPESSOAL ONLINE SKYPE

SÍNDROME DO PÂNICO - tratamento e cura

Normose, enfermidade que causa ansiedade, depressão e outros sintomas


Ser ou não ser normal é um julgamento, uma referência que se apoia em crenças e valores, que trazem uma noção de limite. Cada sociedade se apoia em determinadas regras de conduta e postura, diferentes, segundo sua cultura. Por exemplo, é normal, em nossa cultura, o consumo de carne bovina. Na Índia, o bovino é sagrado e perambula pelas ruas, com todo o respeito.
Diferenças culturais, religiosas e diferentes paradigmas. Cada qual defendendo a sua verdade.
O que é unânime, diz respeito à prisão sufocante que vivemos, em defesa das verdades relativas que carregamos e o quanto nos esforçamos para sermos considerados pessoas "normais", impondo-nos uma série de valores e regras de vida. Temos que assumir determinados comportamentos para sermos aceitos na sociedade. 
Estamos sempre competindo e nos comparando uns aos outros. Isto é completamente insano.
É muito estressante desempenhar um papel perante o meio em que vivemos. Qualquer deslize pode nos comprometer, gerando um julgamento desfavorável da sociedade com relação nossa conduta e "sanidade mental".
Somos imitadores de um padrão, que reprime, produzindo um estado do ser "artificial", desconectado de si mesmo. Assumindo uma identidade que traz infelicidade e doença.
Os transtornos psicológicos de ansiedade e depressão são os primeiros sintomas que acompanham o ser artificial, além de uma série de outras enfermidades.
Somos, muitas vezes, impedidos de agir e viver com naturalidade e submetidos a padrões que não são bons para o espírito e para o corpo. Natural é a condição essencial do homem são.Viver in natura, apenas ser o que é. A simplicidade nos conduz à paz interior e à saúde integral. 
Toda doença advém do ser artificial, essa casca dura e grossa que nos separou de nós mesmos.
Normose é o nome da doença da normalidade. Conceito desenvolvido por Roberto Crema, Jean Yves Leloup e Pierre Weil. Um conjunto de hábitos considerados normais e que, na realidade, são patogênicos e nos levam à infelicidade e à doença.
Para saber se você é "normal", ou seja, se está sofrendo de normose, alguns sintomas são:
dificuldades para dormir, não ter prazer em seu trabalho, dificuldades em suas relações, estar afastado da natureza, não ter tempo para cuidar de si e para fazer coisas prazerosas. Sentir-se muito ansioso ou deprimido, cansado, triste, além de não saber porque sente um vazio dentro de si.
Esses são alguns poucos sintomas que podem caracterizar a normose. Para sair do estado normótico é necessário buscar aquela pessoa que você perdeu no meio do caminho, quando deixou que a sociedade fizesse de você este ser artificial. Despertar sua consciência e a retomada  do contato com a sua natureza, Perceber as escolhas que tem feito para sua vida e o quanto você tem deixado de ouvir o seu coração e a sua alma.
Reconhecer-se e relaxar, parar de se comparar a padrões pré estabelecidos. Não permitir a imolação, que é ato de sacrifício em vão. Aprender a ser feliz.
Estamos aqui para a prosperidade e plenitude, não acredite que você nasceu para sofrer.
Liberte-se, sinta o vento  tocar seu ser, sinta-se como um cavalo selvagem que corre indomável, impulsionado por sua rebeldia!

Namastê

Comentários