SÍNDROME DO PÂNICO - tratamento e cura

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Mediunidade, caminho de ascensão à quinta dimensão




Os guias espirituais que nos acompanham e auxiliam nossa jornada terrena, têm nos alertado, com maior ênfase, sobre o momento planetário e sua transformação. Diante dos acontecimentos infelizes que assistimos, em várias regiões do mundo e a rapidez com que nos são informados, a espiritualidade tem nos mostrado que, tanto quanto a tecnologia terrena trouxe mais conexão entre os povos e culturas, unindo ocidente e oriente, a nossa conexão espiritual tem, também, alcançando um novo patamar, dentro  nosso processo evolutivo.

Estamos mais “médiuns” a cada dia, ou seja, estamos abrindo nossos canais de comunicação com os irmãos espirituais desencarnados e de outras partes do Universo. Estamos entrando numa nova fase, em que aqueles que continuarem apenas sendo guiados por seus sentidos terrenos, não desenvolvendo seu sexto sentido, sentirão cada vez mais, as consequências de sua fragilidade mediúnica.

Que esta mensagem chegue a cada um de vocês como um direcionamento, para que compreendam a necessidade de despertar sua consciência, para que não sofram com a falta de entendimento e sintonia com as vibrações mais sutis.
Sem o devido amadurecimento mediúnico, serão levados pelas ondas de negatividade que assolam a humanidade presa às sensações do ego.

A mediunidade como parte integrante de cada um de nós, não pode permanecer confinada aos ambientes religiosos. Estamos trazendo à tona o assunto, com mais intensidade, para que todos tenham acesso ao conhecimento sobre o ser integral e o papel da mediunidade na busca evolutiva.

O conhecimento mediúnico, que antes era reservado aos iniciados e, portanto, considerado esotérico, é na atualidade um caminho exotérico, ou seja, deve ser disseminado a todos.

Desenvolver a mediunidade significa aprender a usá-la como um sentido essencial a nossa plenitude. Como sempre frisamos, o planeta Terra está em constante transformação e os filhos de Gaya, também.

Com a aceleração vibratória do planeta e mudança de seu padrão, estamos sendo convidados, insistentemente, pela espiritualidade, a convertermos nossa sintonia, para que possamos continuar acompanhando o processo evolutivo.

Os acontecimentos no mundo, que à primeira vista nos parecem desastrosos, são naturais e acompanham o ritmo das mudanças necessárias.
A grande quantidade de espíritos, reencarnando com sérios delitos cravados em seu campo áurico, tem como intenção, dar-lhes oportunidade, auxílio a eles, que ainda estão atolados nas enfermidades da alma.

Da mesma forma, muitos espíritos, mais evoluídos, têm, também, reencarnado para ajudar a despertar a consciência de todos.

Esta época de tantas transformações é marcada pela a aceleração do tempo, que é nítida a todos. A vida parece correr e não mais andar.
Faz-se necessário que cada espírito humano comece a se desprender do tempo. Com isto, será capaz de adentrar a nova frequência.

Para tanto, a mediunidade será o caminho, que lhes retirarão da energia densa do mundo tridimensional e do tempo. Vem chegando e aflorando a quinta dimensão que se encaminha pela mediunidade. Mais espíritos estão renascendo com seu DNA preparado para a nova formatação.

A mediunidade tem sido causa de grande conflito pelo qual os espíritos travam sua luta interior, em que buscam a mudança vibracional, porque ainda não a compreendem.
É uma luta do bem contra o mal, em que o bem precisa ser reconhecido para que o mal seja dissolvido.

Chamamos de ‘mal” a tudo que se refere ao plano das quatro dimensões e o domínio do ego. Presos a essa configuração, os seres humanos necessitam de apoio para se libertarem da ilusão.
Denominamos  de  “bem” o despertar consciencial para a quinta dimensão, dissolvendo o ego. O reconhecimento de que o homem é um ser integral e divino.

Uma variedade de sintomas psicológicos, emocionais e físicos têm surgido, pela falta de conhecimento e desenvolvimento da mediunidade, este modo mais sutil, aos olhos terrenos, de nos interrelacionarmos. A grande maioria dos espíritos encarnados desconhecerem sua realidade extrafísica, a qual se acessa por este sentido mediúnico. Alienados à matéria densa e suas sensações se perderam de suas origens.

Já foi dito, em várias oportunidades, que a mediunidade é um sentido suprafísico que nos possibilita nos reconectarmos a nossa essência e integralidade, com mais propriedade e consciência.
À medida que o planeta está mudando sua frequência vibratória, cada um de nós tem percebido o campo sutil com mais intensidade. Quando não nos sintonizamos com a nova frequência somos abatidos pelas pesadas vibrações que ainda digladiam no orbe.

A menção que fizemos, em outras oportunidades, sobre a luta entre o bem e o mal que se trava nas esferas astrais, não tem a intenção de alimentar lunáticos e curiosos. Ela é uma realidade que precisa, neste momento, ser abordada.

Temos milhões de espíritos na senda da reabilitação pelo sofrimento, necessitados de nosso auxílio. Por isto convidamos os seres humanos a despertar. Isto se faz pela mediunidade. Eis aí sua importância, relevância que a coloca, na atualidade, em primeiro plano e além das fronteiras.

Somos irmãos unidos pelo universo de Deus, em diferentes orbes. Trazemos para a humanidade o consolo prometido.
O consolador, o qual Jesus, seu dirigente planetário, destaca, refere-se aos irmãos universais que pertencem a Grande Família Universal e que se fazem, cada vez mais, presentes, juntos a vocês.

Pela mediunidade realizamos um trabalho de união, porque as diferenças do plano material denso se dissolvem no plano sutil. Podemos nos comunicar com facilidade em nossa realidade astral.

A mediunidade nos conecta, entre civilizações e com o Todo. Este é o canal utilizado para que possamos agir em prol deste planeta e de todo o universo.
Desenvolver a mediunidade é acordar o sexto sentido latente, adormecido até então.

A cura do planeta Terra e de seus seres será conquistada pela sintonia na mesma frequência de Deus. A mediunidade é o caminho da Verdade.

Rayanna e Yamahe estão ao seu dispor para trazer ao canal  Nadya Prem as diretrizes para que possam estar em conexão com a nossa Grande Família Universal.
Somos filhos das estrelas e Shan, nosso dirigente, está a nos iluminar o caminho.

Shan é a expressão de divindade que se manifesta em cada coração que se eleva ao Todo.
Om Shan, namastê!


Além das fronteiras

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Estado de espírito, respiração e saúde holística


A palavra espírito se origina do latim spiritus, que significa respiração. Considero que estado de espírito pode ser literalmente entendido por estado de respiração
O espírito se manifesta na respiração, um e outro são a mesma presença no corpo físico. Quando paramos de respirar, o espírito se desprende da matéria.

Quase ninguém está atento ao seu fluxo respiratório e poucos sabem sobre a importância que a respiração tem, como referência no estado de espírito e na saúde. 
O estado de respiração é responsável, em grande parte, por sua saúde ou enfermidade, plenitude ou sofrimento.

Repare como a respiração é alterada por seus estados emocionais. Quando você leva um susto, a respiração trava; quando está em um ambiente agradável junto à Natureza, você inspira  e expira profundamente. O medo paralisa sua respiração e o seu contato com o meio externo, enquanto que, o bem-estar e a sensação de prazer se avolumam com o fluxo respiratório profundo, que traduz sua relação saudável com o ambiente.

O prazer ou a dor que experimentamos na vida se manifesta no estado de respiração. Do mesmo modo interferimos em nosso padrão mental e emocional quando aprendemos a dominar e alterar a forma de respirar.

O Sistema Nervoso Central é responsável pelo fluxo respiratório, que tem sua porção metabólica e autônoma no cérebro reptiliano e uma contraparte voluntária, regida pelo córtex e neocortex. São inteligências que trabalham conjuntamente.O nosso cérebro mais primitivo que é comandado pela inteligência do corpo físico e sua fisiologia e as inteligências contidas nos cérebros emocional e racional, interferindo incisivamente no fluxo respiratório e no estado de espírito.

São influências sutis e materiais, advindas dos mundos da abstração e terreno. O corpo e a mente agindo na condição de saúde. Somos corpo, mente, espírito e respiração.  .

A respiração é um processo vital, através do qual nos vinculamos com o meio externo. Tanto a respiração celular quanto a aeróbica fazem parte dessa relação de troca, indispensável, entre espírito encarnado e o planeta, que é o seu mundo terreno. O estado de respiração refletirá a qualidade desse relacionamento.

O estado de espírito ou respiração envolve diversos aspectos do ser integral e sua atitude com a vida. Podemos nos sentir deprimidos, tristes, desmotivados, cansados, ansiosos, eufóricos, nervosos.
Uma dor é capaz de tirar qualquer pessoa do sério. Um acontecimento infeliz, um problema familiar, um arroubo de raiva e tantos outros desencadeadores diários que nos abalam.

São decepções e anseios que vivenciamos e alteram o estado do nosso ser integral, o estado de respiração e de espírito. O excesso de pensamentos, a ruminação mental, interfere desfavoravelmente. Quando a mente fala demais, toma o lugar da respiração. 

Também, são influências determinantes, os alimentos consumidos, a postura corporal que adotamos, a qualidade de vida. Uma postura corporal de timidez, com o encolhimento da região peitoral e ombros, tornam a respiração superficial.

Quando nos encontramos em desequilíbrio, seja no âmbito físico, energético, emocional, mental ou espiritual, podemos atuar positivamente em nossa condição geral de saúde, alterando o padrão da respiração. Interferimos no estado de espírito pela atividade respiratória.

O estado de respiração altera o estado de consciência. 
Stanislav Grof, médico psiquiatra, um dos principais representantes da Psicologia Transpessoal, desenvolveu a prática de respiração holotrópica para atingir estados alterados, utilizados em sua clínica para tratamento.

Os transtornos psicológicos e físicos, vistos pelo prisma holístico e transpessoal, podem ser tratados e curados quando alteramos o estado de respiração. Alguns sintomas como angústia, opressão no peito e falta de ar, são comuns à maioria dos casos.

Vejamos que, para o Yoga, a saúde é promovida pela integração entre corpo e mente, sendo que, neste contexto, a mente é a consciência expandida e desperta, que alcançamos com a aniquilação do ego e de seu plano mental alienado e doentio.
Suas práticas são voltadas para que possamos atingir o estado de yoga ou estado de união corpo/mente e a respiração é o elo. 

Quando respiramos assimilamos o prana, a energia vital conhecida e evidenciada no Yoga e na Ayurveda, medicina da longevidade.  Além de combustível para a vida é responsável pela manutenção da saúde do corpo energético, que é o molde do corpo físico.

Assimilamos o prana pela respiração, alimentação, exercícios físicos, contato com a Natureza. Os pensamentos e as emoções podem beneficiar ou contaminar o corpo vital, tanto quanto as energias deletérias advindas dos ambientes e de ouros espíritos.

A yogaterapia, a acupuntura, a psicoterapia orientalista, entre outros métodos holísticos e naturais,  têm como objetivo, dentro da terapêutica transpessoal, alterar e tratar o corpo e a psique, modulando e reparando as disfunções, atuando no estado de espírito, o estado de respiração, que envolve a interrelação entre os corpos físico, energético, emocional, mental e espiritual. 

A primazia do corpo ou da mente, do espírito ou da matéria, é substituída pela primazia da consciência, que abrange todas as facetas do ser integral.
O homem espírito se faz vivo e manifesto em seu estado de espírito ou estado de respiração. 

Convido você a observar mais o seu fluxo respiratório, o seu espírito. O autoconhecimento que tanto buscamos, seja para a saúde do corpo, da mente ou da alma, carece  de um espírito livre, capaz de olhar para si mesmo e compreender o seu significado.

Nas sessões de terapia transpessoal, trabalho com o cliente sua relação consigo mesmo e com a vida , pela observação e pelas práticas que o capacitam a reverter seus desequilíbrios em saúde , plenitude e paz interior.


Namastê.

Para atendimento com Nadya Prado, consulte valores e informações
por e-mail nadyaprado@uol.com.br